Arroz

O arroz é o segundo alimento mais consumido no mundo e oferece diversos benefícios para a saúde. Veja quais são e como aproveitar esse cereal tão versátil!

Presente na alimentação diária da maioria dos brasileiros, o arroz é cultivado há mais de 5 mil anos na China e na Índia. E, hoje, em mais de centenas de países. Com tanta popularidade, a maioria das pessoas nem imagina que esse grão é uma das principais fontes de carboidratos para o organismo.

Vale lembrar que são os carboidratos que fornecem energia ao organismo, contribuindo também para a restauração e o desenvolvimento dos tecidos. No Brasil, é conhecido como parte da dupla imbatível junto com o feijão, uma preferência nacional cheia de benefícios. Porém, em vários lugares do mundo, o arroz é a base da alimentação e já foi considerado uma iguaria valiosa.

São vários os tipos que podem ser encontrados no mercado, enriquecendo o cardápio de quem trabalha com alimentação saudável. No total são sete tipos, entre os quais o arroz polido (branco) é o mais popular e com a maior quantidade de carboidratos, porém menos proteínas. Já o integral tem a maior quantidade de fibras e vitaminas, como a B1.

Há, também, o arroz selvagem: preto por fora e branco por dentro, rico em fibras, proteínas, aminoácidos e gordura. Assim como o negro, rico em antioxidantes; e o vermelho, que contém monocolina, substância que ajuda na digestão, na prevenção de doenças cardiovasculares e na redução do colesterol.

O que é o arroz?

O arroz, na verdade Oryza sativa, é uma planta da família das gramíneas, um cereal que precisa de temperaturas entre 24ºC e 30ºC e muita água para se desenvolver plenamente.

É o segundo alimento mais consumido em todo o mundo e o terceiro cereal mais produzido. Milho e trigo estão em primeiro e segundo lugares, respectivamente. Além disso, o arroz é também o cereal que tem o menor potencial alergênico. Por isso, costuma ser indicado como o primeiro a fazer parte do início da alimentação sólida do bebê.

Outro ponto importante é que o arroz não tem colesterol, mas é rico em potássio, ferro e fósforo. E como é de fácil digestão, também é muito indicado para estados de convalescença em geral.

grupo 659

Como usar o arroz?

Saboroso e cheio de propriedades benéficas para a saúde, o arroz é também um alimento muito versátil. O maior consumidor mundial do cereal é a China, que é também o maior produtor. Entretanto, há receitas variadas à base dele na culinária de praticamente todas as partes do planeta.

Por aqui, um dos mais famosos pratos típicos brasileiros é o feijão com arroz, um casamento considerado perfeito sob o ponto de vista nutricional e de paladar. A combinação fornece uma quantidade considerável de aminoácidos essenciais necessários à saúde.

Os aminoácidos são moléculas que formam as proteínas. Eles são considerados essenciais porque não são produzidos pelo organismo, precisando ser obtidos através da alimentação.

Por outro lado, o arroz também pode ser usado na produção de receitas criativas salgadas e doces, como bolos, tortas, sopas, pães e uma infinidade de opções. Entre elas, algumas bebidas, como o saquê: um preparo típico japonês cujo álcool é obtido do cereal fermentado.

paddy harvest golden yellow paddy hand farmer carrying paddy hand rice (1)

Benefícios do arroz

Riquíssimo em carboidratos, seu principal benefício é fornecer energia para o organismo. Também contém vitaminas, minerais e aminoácidos, fundamentais para o bom funcionamento do corpo.

Ao ser combinado com favas, lentilhas e outros grãos, como o próprio feijão, o arroz fornece proteínas que, além de favorecerem os tecidos, também reforçam a imunidade e na manutenção das células. E, como não tem glúten, é uma ótima fonte de alimento para quem tem doença celíaca.

Por ser de fácil digestão, também é especialmente recomendado para quem tem problemas digestivos, como refluxo, diverticulite, diarreia ou gastrite, que precisam de uma alimentação com baixo índice de fibras.

Produtos à base de arroz

Os dois tipos de mais consumidos são o branco e o integral. A principal diferença entre eles é que a casca e o gérmen são retirados no processo de branqueamento do cereal. Com isso, o arroz branco possui concentração menor de fibras, vitaminas e minerais do que a sua versão integral.

Porém, há estudos que sugerem o consumo reduzido de arroz branco devido a um possível aumento de açúcar no sangue, que pode ter relação com algumas doenças cardíacas, obesidade e diabetes tipo II. O integral, por outro lado, é relacionado justamente à redução do risco dessas doenças.

Com tantos benefícios à saúde, toda a sua versatilidade no preparo de iguarias e acompanhamento de pratos principais, há vários produtos à base de arroz no mercado.

Alguns dos mais populares são as farinhas, uma forma saudável e prática de elaborar novas receitas com o cereal, como macarrão, bolos, tortas, panquecas, etc.

wheat flour wheat bars white background (1) photoroom.png photoroom

Farinha de arroz branco

• Produto proveniente da moagem dos grãos de arroz despeliculados, que são previamente beneficiados, classificados e selecionados, garantindo a segurança e qualidade do alimento.
• Farinha de granulometria fina.
• Produto acondicionado em sacarias de polipropileno de 25kg.

INDICAÇÃO DE USO

• Na indústria de panificação pode ser moído como farinha para fabricação de pães, bolos, biscoitos e bolachas.

farinha de arroz integral

Farinha de arroz integral

Produto proveniente da moagem dos grãos integrais, que são previamente beneficiados, classificados e selecionados, garantindo a segurança e qualidade do alimento.
• Farinha integral disponível em granulometria fina.
• Produto acondicionado em sacarias de polipropileno de 25kg. As fibras insolúveis presentes na película do grão estimulam o sistema gastrointestinal e aumentam o período de saciedade.
• Contém vitamina B1, que auxilia no bom funcionamento do sistema nervoso, músculos e coração.
• Melhora a saúde dos ossos, das unhas e dos cabelos.
• Auxilia no metabolismo da glicose nos diabéticos.
• Protege o sistema nervoso.

INDICAÇÃO DE USO

• Na indústria de panificação pode ser usado para fabricação de pães, bolos, biscoitos e bolachas.

grao de arroz integral photoroom.png photoroom

Grãos de arroz integral

Produto proveniente de processos de beneficiamento, classificação e seleção dos grãos, que garantem a segurança e qualidade do alimento.
• Disponibilizado também na opção Arroz Branco.
• Produto acondicionado em sacarias de polipropileno de 25kg.
• As fibras insolúveis presentes na película do grão estimulam o sistema gastrointestinal e aumentam o período de saciedade.
• Contém vitamina B1, que auxilia no bom funcionamento do sistema nervoso, músculos e coração.
• Melhora a saúde dos ossos, das unhas e dos cabelos.
• Auxilia no metabolismo da glicose nos diabéticos.
• Protege o sistema nervoso.

INDICAÇÃO DE USO

• Pode ser preparado como acompanhamento de vários tipos de pratos.
• Tendência no mercado atual como componente de mix de arroz integral.
• Na indústria de panificação pode ser moído como farinha para fabricação de pães, bolos, biscoitos e bolachas.

Faça download do nosso
catálogo

arroz
arroz

Com mais de 30 anos de atividade, mantendo o compromisso de disponibilizar grãos e cereais para o setor de panificação. Desde o início, o objetivo principal foi fomentar o mercado de farinhas caseiras, naturais e integrais, por intermédio da parceria com agricultores especializados na produção de centeio, triticale, trigo, aveia, cevada e linhaça marrom.

Atenta às demandas da indústria de alimentos, a empresa avaliou os benefícios da linhaça na alimentação humana, que contribuíram como incentivo para uma série de pesquisas em parceria com universidades e profissionais de nutrição.

A união dos esforços no desenvolvimento e produção industrial da semente resultou no lançamento da linha Lino Live, pioneira na comercialização de produtos como farinha integral, grãos e óleo de linhaça.

CISBRA

O elo entre o campo e a indústria

A missão e os valores da CISBRA são pautados em uma história que começou em 1977, na cidade de Ijuí (Noroeste do Rio Grande do Sul), pela família Thomas. Em razão da aptidão agrícola do município, o grupo familiar decidiu investir na comercialização dos cereais que eram cultivados na região.

Depois de quase duas décadas de comércio varejista, chegou o momento de mudança no modelo de negócios. Em 1992 foi criada a Comercial Importadora Sul Brasileira LTDA (CISBRA).

O novo empreendimento manteve o foco no desenvolvimento local e iniciou a venda de matérias-primas utilizadas na produção de farinhas e pães. Passaram a adquirir produtos como centeio, triticale, trigo, aveia, cevada e linhaça marrom, produzidos por agricultores residentes nas imediações de Ijuí.

Com o crescimento da demanda pelos grãos de linhaça, na época utilizada principalmente na alimentação animal, a CISBRA deu início ao beneficiamento e comercialização da linhaça marrom em grãos e farinha. O produto chamado Raça Lux é um suplemento alimentar ofertado para equinos, com destaque para os cavalos de competição e enduros.

A trajetória da empresa foi pautada em reunir os cultivares da região e transformá-los em produtos alimentícios destinados aos animais e humanos. Por isso, em meados da década de 2000 surge a linha Lino Live, pioneira na produção de farinha integral de linhaça, grãos e óleo de linhaça destinados à alimentação humana.

Entretanto, para alcançar a qualidade dos produtos comercializados na atualidade, foram necessários estudos e pesquisas, realizados em parceria com universidades e especialistas em nutrição. Na mesma época, a CISBRA firmou uma parceria com agricultores da região para a introdução da primeira lavoura de linhaça dourada.

Atenta a essa condição, a CISBRA continua a firmar parcerias e investir em ciência e tecnologia para que o cultivo da semente seja ampliado no território nacional. A empresa iniciou em 2020 dois projetos de pesquisa em parceria com a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ).

A primeira iniciativa tem objetivo de desenvolver estratégias de manejo para a cultura de linhaça. Com transferência de tecnologia e boas práticas ambientais, será possível maximizar a produtividade e a qualidade dos grãos utilizados no setor industrial.

Tão importante quanto aprimorar o manejo é investir no melhoramento genético dos grãos, por isso, o segundo projeto agronômico que a CISBRA participa está focado na seleção e caracterização de genótipos de alta qualidade para a linhaça.

Desse modo, a CISBRA mantém a missão de produzir matérias-primas de alta qualidade para a indústria de alimentação. Promovendo o intercâmbio entre as diversas etapas da cadeia produtiva, a empresa demonstra que é possível produzir alimentos com certificação de origem e adaptados ao clima nacional.

Gostou do produto?

Solicite um orçamento abaixo!

Informação Nutricional

Porções por embalagem: 555 (25 Kg)
Porção: 45 g (1/2 xícara)
100g % VD (*) 60g % VD (**)
Valor Energético 328 kcal 16% 148 Kcal 7%
Carboidratos 48g 16% 29g 10%
Açúcares Totais 6,4g - 3,8g -
Açúcares Adicionados 0g 0% 0g 0%
Proteínas 20g 40% 12g 24%
Gorduras Totais 1,1g 2% 0,7g 1%
Gorduras Saturadas 0,2g 1% 0,1g 1%
Gorduras Trans 0g 0% 0g 0%
Fibra Alimentar 20g 80% 12g 48%
Sódio 12mg 1% 7,2mg 0%
*"Percentual de valores diários fornecidos por 100g" ** "Percentual de valores diários fornecidos pela porção"
CONTÉM GLÚTEN
Ingredientes: Ervilha Grãos
ALÉRGICOS: PODE CONTER AVEIA, CENTEIO, CEVADA, TRIGO, TRITICALE E SOJA.
OBSERVAÇÃO: A ERVILHA ORIGINALMENTE NÃO CONTÉM GLÚTEN, MAS É PROCESSADA EM AMBIENTE DE PRODUTOS COM GLÚTEN.

Envie seu currículo

Vaga para
Unidade*
Nome*
Email*
Anexe o seu currículo
Maximum file size: 10 MB
Forneço meu consentimento para receber comunicações e, estou ciente que, posso revogá-lo a qualquer momento através do "Canal de comunicação LGPD".
Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com a Política de Cookies.